Sergipe Repórter

Projeto de inserção musical é iniciado no Bairro Cidade Nova

Uma obra sem concreto, mas que marcará a vida de dezenas de crianças e adolescentes do Bairro Cidade Nova, assim podemos descrever a expansão da Lira Carlos Gomes que nesta terça-feira, 8, deu o pontapé inicial com a aula inaugural da escola de música na comunidade, um projeto da Prefeitura de Estância em parceria com a centenária filarmônica.

“Estamos aqui fazendo história na vida dessas crianças e adolescentes. Assim como a música fez história na minha vida, tenho certeza que ela transformará a vida desses jovens e ofertará a eles um novo horizonte, com novas perspectivas e possibilidades de uma vida melhor. Estou muito feliz com essa expansão da Lira que hoje faz a aula inaugural deste importantíssimo projeto de inserção social, cultura e entretenimento com a Lira Carlos Gomes no Bairro Cidade Nova, é a nossa gestão fazendo história na vida destas crianças e adolescentes”, disse o prefeito Gilson Andrade.

Carlos Alberto, Caúca, músico que há 35 anos, desenvolve suas habilidades musicais na centenária Lira Carlos Gomes destacou a importância da música na vida das crianças.

“A inclusão social destas crianças é de extrema importância. O contato deles com o universo da música é algo extraordinário, afinal, assim como  o esporte tem o poder de transformar a vida das pessoas, a música, a cultura também tem essa finalidade”, destacou.

A senhora Laiane Santos Nascimento, madrasta de Thawanny Reis, uma aluna da Escolinha de Música enfatizou que a iniciação musical na comunidade é uma ação bastante louvável e  que com certeza contribuirá para o crescimento cultural e pessoal das crianças e adolescentes envolvidas.

Os alunos da Escolinha de Música da Lira Carlos Gomes do Bairro Cidade Nova terão três dias de aulas semanais, com aulas nos períodos matutino, bem como vespertino, sempre no contraturno escolar. O público alvo é composto de crianças e adolescentes de 8 a 18 anos, porém, nada impede que adultos possam também aprender a arte musical.

Fonte: Prefeitura de Estância

Related Articles

Posso ajudar?