Sergipe Repórter

Sem socorro, professora morre dentro de carro na porta de hospital em Laranjeiras

A professora Maria Izabel Souza Silva, de 55 anos, morreu na madrugada dessa sexta-feira, 23, após não ter recebido atendimento médico depois de cinco tentativas de socorro. O caso aconteceu no município de Laranjeiras.

De acordo com o marido de Izabel, Antônio José dos Santos, ele percebeu que sua esposa, que já havia sofrido pelo menos três acidentes vasculares cerebrais (AVC), estava passando mal na madrugada da sexta-feira e levou ela até o Hospital São João de Deus que fica na cidade. Ao chegar no local, o vigilante da unidade disse que não havia ninguém disponível para atender o caso e sugeriu que Antônio fosse até a unidade da Samu.

Ele se deslocou com sua esposa em seu carro particular até a unidade do SAMU, que também fica na cidade, e ao chegar lá recebeu a informação de que sua mulher precisava ser atendida no hospital onde já havia passado anteriormente.

Antônio entrou novamente no carro e retornou até o hospital, mas recebeu a mesma informação de quando havia chegado lá pela primeira vez, a de que precisaria ir ao SAMU. Ele diz que entrou em desespero, retornou até a unidade do Samu e revelou que estava disposto a fazer de tudo para salvar Izabel.

“Se eu encontrasse uma ambulância do Samu lá eu estourava o vidro para colocar minha esposa no oxigênio, nem que depois eu respondesse pelo crime”, disse Antônio.

Ele tentou novamente falar com alguém do Samu e disse que, dessa vez, a mulher que estava no local e o atendeu na primeira tentativa de socorro, entrou no carro com ele e retornaram ao hospital pela terceira vez.

Somente nessa tentativa, sua esposa pôde ser atendida por profissionais de saúde, mas era tarde demais e Maria Izabel já se encontrava morta dentro do próprio carro de Antônio.

“Uma professora que trabalhou por muito tempo aqui. Todo mundo conhece ela e a gente rodando a cidade em alta velocidade pra encontrar socorro. Eu ainda tô pensando em tudo, porque hoje que a ficha caiu sobre o que aconteceu”, afirmou ele.

De acordo com a assessoria da Prefeitura de Laranjeiras, o Hospital São João de Deus é de responsabilidade da Associação Hospitalar de Sergipe e a prefeitura deve notificar o hospital na próxima segunda-feira, 26.

Procuramos o Samu para saber qual o posicionamento sobre o caso, mas até a finalização desta matéria, o portal Fan F1 não recebeu nenhuma resposta.

Fonte: FAN F1

Related Articles

Abra aqui
Posso ajudar?