Sergipe passa a ter três novas rotas de turismo

Sergipe passa a ter três novas rotas de turismo

O governador Belivaldo Chagas sancionou, nesta quinta-feira, 15, as leis Nº 8.771, que cria a Rota do Litoral Sul de Sergipe – Praias do Litoral Sul; Nº 8.772, que institui a Rota da Farinha e a Nº 8.773, que cria a Rota do Baixo São Francisco. As leis foram publicadas no Diário Oficial de Sergipe, nesta sexta-feira (16).

A consolidação desses roteiros turísticos é um dos eixos do Programa de Recuperação Econômica – Avança Sergipe. Para que o estado volte a crescer, gerando emprego e renda para o seu povo, o Governo de Sergipe tem como uma de suas metas estimular os setores mais afetados pela pandemia, no qual se encaixa o Turismo.

“A oficialização dessas rotas é importante para que possamos oferecer uma melhor estrutura a esses roteiros e produtos turísticos. Nossa preocupação, também é com a geração de emprego e renda, pois sabemos que o turismo tem essa capacidade de ampliar o desenvolvimento do nosso estado. Sergipe tem belas paisagens, tem um povo hospitaleiro e muita cultura, com essa iniciativa queremos ampliar as possibilidades e despertar o interesse de turistas locais e de fora para o nosso belo e rico estado”, explicou o governador.

Nos roteiros turísticos previstos pelo Avança Sergipe também está a Rota do “Vale do Rio Real e Região Centro-Sul”, instituída Lei Nº 8.695, de 29 de junho, publicada no Diário Oficial no último 30 de junho. A rota é composta pelos municípios de Cristinápolis, Tomar do Geru, Itabaianinha, Tobias Barreto, Poço Verde e Riachão do Dantas.

Já a Rota do Litoral Sul de Sergipe – Praias do Litoral Sul é composta pelos municípios de Itaporanga D’Ajuda e Estância. Enquanto a Rota da Farinha abrange os municípios de São Domingos, Macambira, Campo do Brito, Itabaiana, Moita Bonita, Ribeirópolis, Santa Rosa de Lima, Malhador, Nossa Senhora das Dores e Lagarto. A Rota do Baixo São Francisco, por sua vez, envolve os municípios de Monte Alegre, Porto da Folha, Gararu, Nossa Senhora de Lourdes, Canhoba, Propriá, Japoatã, Neópolis, Ilha das Flores, Brejo Grande, Itabi, Amparo do São Francisco, Telha, Cedro de São João, São Francisco e Santana do São Francisco.

A definição das rotas por lei tem como objetivos a integração turística de Sergipe; o desenvolvimento sustentável do potencial turístico regional; o fortalecimento, ampliação e desenvolvimento da produção local nas áreas turística, cultural e gastronômica e a implantação de mecanismos de educação ambiental. Assim como o incentivo ao empreendimento turístico e à organização produtiva das comunidades locais relacionadas ao turismo, artesanato e a geração de novas fontes de emprego e renda.

“Quando novas rotas turísticas são criadas oficialmente, significa que elas estão aptas a receber investimentos oficiais tanto do governo do Estado como do governo federal e outras entidades. Isso mostra, também, a sensibilidade do governador Belivaldo Chagas em entender a importância das rotas turísticas do nosso estado, tanto na sua construção quanto na sua preservação, para que os turistas possam, dentro dos limites destas rotas, receber toda infraestrutura e apoio. E, principalmente, é importante para que esses roteiros possam se transformar em produtos capazes de atrair e conquistar os turistas de fora e daqui do nosso estado”, destacou o secretário de Estado do Turismo, Sales Neto.

As leis trazem como instrumentos, o zoneamento ambiental das respectivas regiões; os eventos turísticos constantes nos calendários oficiais de eventos do Estado e dos municípios relacionados às leis. Além dos Conselhos estaduais e municipais de turismo, Conselhos estaduais e municipais de Meio Ambiente; Secretarias estaduais e municipais de Turismo; entidades representativas e associativas da sociedade civil que visam o fomento do Turismo e da Cultura nas regiões; o Fórum Regional de Turismo e o Plano Regional do Turismo.

Destino Sergipe

O estado já adota todas as medidas sanitárias necessárias à segurança dos seus visitantes e dos trabalhadores da área e adotou, inclusive, o selo ‘Turismo Responsável – Limpo e Seguro’, o que tem ajudado a ampliar o movimento turístico em terras sergipanas.

Para incentivar à procura do Destino Sergipe, a administração estadual, como parte do Avança Sergipe, também, está ampliando o investimento em ações promocionais, que incluem campanhas publicitárias; convênio de mídia compartilhada; caravana do turismo e participação em feiras de turismo. Além da ampliação da infraestrutura turística do estado com a urbanização da Orla Sul (trechos 1 e 3A) e a conclusão do Centro de Convenções de Sergipe.

Fonte: ASN
Foto: Mário Sousa/ASN

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by