Sergipe Repórter

Sergipe possui novo sistema de monitoramento eletrônico nas rodovias estaduais

O Governo de Sergipe anunciou, nesta sexta-feira (10) a instalação de um novo sistema de monitoramento eletrônico, em coletiva de imprensa, durante uma blitz educativa na Rodovia Inácio Barbosa (SE-100), na região da Orla Sul, em Aracaju.

O Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária (DER) de Sergipe e o Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) também estiveram presentes durante o anúncio e realizaram a intervenção educativa com os condutores.

Segundo o governo estadual, a implantação do sistema de monitoramento nos 17 km da Orla Sul, na Rodovia Inácio Barbosa, tem o objetivo de melhorar o trânsito da região e garantir a segurança de condutores de veículos e de pedestres.

De acordo com o gerente de trânsito do DER-SE, Geraldo Mota, a ação não será apenas nesta sexta-feira. “Nós estamos com essa campanha a partir de hoje e faremos isso durante 30 dias em todo o estado para conscientizar os motoristas de que a implantação de radares é feita para evitar acidentes e mortes no trânsito”, afirmou.

A expectativa dos órgãos de trânsito, ainda, é que as informações obtidas, com o novo sistema, sejam utilizadas,para planejar as operações, possibilitando o aumento da assertividade na fiscalização pontual. Além de permitir estudos de tráfego, análise de peso de carga, coleta de placas para antecipar ocorrências policiais e também auxiliar no trabalho da Segurança Pública.

De acordo com o governo do estado, os sensores e sistemas de análise de vídeo em tempo real irão, também, ajudar os agentes estaduais a identificar irregularidades, otimizando recursos públicos.

“Será possível, por exemplo, montar barreiras virtuais dentro de uma mancha urbana ou município para identificar, com antecedência, pessoas que tenham a intenção de praticar algum tipo de delito. Já que outra característica dessas fiscalizações será a geração de alertas de irregularidades como furto/roubo ou busca e apreensão no Centro de Controle Operacional, proporcionando ao agente acionar apoio mais próximo para abordagem do veículo”, divulgou o governo de Sergipe.

“É todo um trabalho conjunto do DER, da Polícia Militar, da Polícia Civil, que muitas vezes vai precisar desses dados e de todo o sistema de segurança pública do Estado. Não é simplesmente o monitoramento de trânsito, mas, o monitoramento de segurança”, finalizou o superintendente especial de comunicação do estado de Sergipe, Givaldo Ricardo.

PorFanF1

Related Articles

Posso ajudar?