Servidores do município de Arauá são flagrados acendendo fogueira e confraternizando em frente a hospital durante a pandemia

Servidores do município de Arauá são flagrados acendendo fogueira e confraternizando em frente a hospital durante a pandemia

Quatro servidores e o diretor do Hospital de Pequeno Porte do município de Arauá foram flagrados acendendo fogueira e confraternizando em frente à unidade de saúde, na noite dessa sexta-feira (12), véspera de Santo Antônio. As atitudes desrespeitam as recomendações municipais, estaduais e da Organização Mundial da Saúde (OMS) durante a pandemia do novo coronavírus.

O prefeito da cidade, Ranulfo dos Santos (PSB), informou que esteve no local e que interrompeu o evento. Os servidores [dois motoristas, um vigia e um enfermeiros] são efetivos e foram suspensos por 8 dias. Já o diretor da unidade afastado por tempo indeterminado. O hospital não é exclusivo para casos de Covid-19.

“As providências foram tomadas na mesma hora. Num momento crítico como esse, a gente tem que levar a sério e entender que os costumes mudaram”, disse o gestor. O caso continua sendo investigado.

Nas nas imagens é possível ver alguns servidores sem máscaras, ou usando o equipamento de forma irregular, e comendo e assando milhos na fogueira.

De acordo com o prefeito, a população em geral não está colaborando com o isolamento social, que atualmente é de 49%. “É o maior trabalho no município para a gente controlar essa situação. Estamos atuando com a polícia, mas é algo incontrolável”, lamentou Ranulfo dos Santos.

O evento dessa sexta-feira foi flagrado e denunciado por populares do município, que tem letalidade pela doença de 57,1%, a maior do estado. Até ao último boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, eram 7 casos e 4 mortes.

A secretária de saúde do município, Patrícia Morais, informou que três pessoas estão em tratamento e uma foi curada.

“Os casos de morte foram de pessoas que já estavam internadas e tinham outras patologias. Já os casos de contaminação foram contraídos em outras cidades. Nossas ações de prevenção e contaminação continuam. Esse foi um caso isolado e nós lamentamos a situação. No momento da ocorrência não tinha paciente nenhum no hospital”, disse.

Por G1 SE  /Foto: Reprodução TV Sergipe

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by