Vereador Doutor Cristóvão alerta: “Estância poderá sofrer colapso de água em breve”

Vereador Doutor Cristóvão alerta: “Estância poderá sofrer colapso de água em breve”

Na semana de encerramento dos trabalhos legislativos de 2019, o vereador estanciano Cristóvão Freire (PSB) fez uso da tribuna, na sessão de quarta-feira, 18, para colocar em alerta as autoridades municipais, estaduais e federais no que tange ao projeto de construção de adutora com a finalidade de desviar o curso do Rio Piauitinga visando à transposição de água aos municípios de Salgado e Lagarto.

O tribuno classificou como danosa a construção dessa adutora para os estancianos.

É uma preocupação muito grande, especialmente, para a população estanciana com o que poderá acontecer. Tive a informação que já acontece escavação da adutora nas proximidades dos povoados Nova Estância e Calumbi. Não podemos aceitar o desvio do curso do Rio Piauitinga que abastece a nossa cidade, o qual já está morrendo aos poucos sem nenhuma revitalização dos órgãos públicos municipal, estadual e federal”, alertou.

Em sua oratória, o parlamentar salientou que o Rio Piauí passa muito perto de Lagarto e de Salgado é porque buscar água no Rio Piauitinga se esse já está fraco, quase morrendo, pedindo socorro, indagou.

“Já fiz um comunicado extraoficial ao Ministério Público, que cuida também dessa Pasta, se adentrar ao território estanciano, em parte superior ou inferior à captação de água, que possa se ajuizar uma Ação Civil Pública, para que este fato não venha ocorrer antes de um amplo estudo que possa demonstrar que esse fato causará nenhum prejuízo ao abastecimento de água de Estância”, acentuou.

“É importante que o Município fique atento, nós vereadores, nós estancianos, a Central da Bacia do Piauitinga, Secretaria do Meio Ambiente, o SAAE, pois, se isto vier acontecer, sem estudo técnico, sem a revitalização do referido rio, sem dúvida, será o colapso total do fornecimento de água em Estância, não chega a cinco anos para acontecer”.

“Estarei atento, pronto para ajuizar qualquer tipo de ação necessária para que isto não venha prejudicar os estancianos com o colapso do abastecimento de água no município de Estância”, arrematou.

Na manhã desta quarta-feira (15/04), o prefeito Gilson Andrade e os vereadores Sandro Barreto, Misael Dantas, Zé da Paz, Cristóvão Freire, visitaram a adutora que a DESO está construindo no Povoado Saco do Barbosa (Estância) visando abastecer as cidades de Lagarto, Salgado, Boquim, a partir do Rio Piauitinga que já dá sinais de saturação.  Acontecendo, Estância corre sério risco de desabastecimento de água em breve. Prefeitura e Câmara estão preocupadas.

“Não deixaremos que essa obra se cristalize até que seja comprovado que não trará prejuízo para o nosso povo, para as indústrias aqui instaladas. Não cruzarei os braços até que provem, com documentos, que tal obra não gere impactos a Estância”. disse o prefeito Gilson Andrade

Genílson Máximo / Ascom Câmara de Vereadores de Estância

administrator

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by