Sergipe Repórter

Vítimas de tragédia entre caminhão e ônibus clandestino são veladas em ginásio de Itaí

Começaram a ser veladas na noite desta quarta-feira (25), em Itaí (SP), os corpos das vítimas do acidente entre um ônibus e um caminhão. A colisão ocorreu no km 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, em Taguaí (SP), na manhã de quarta-feira (25), e deixou 41 mortos.

Segundo a prefeitura de Itaí, das 41 pessoas que morreram na batida, 39 eram do município. Com isso, os corpos serão velados de oito em oito por vez no ginásio de esportes da cidade. Podem participar apenas familiares e amigos próximos de cada vítima. Além disso, a prefeitura vai ceder iluminação pra enterros durante à noite.

A prefeitura também determinou que familiares e amigos devem usar máscaras e manter o distanciamento, conforme as medidas de prevenção contra a Covid-19.

Os primeiros corpos que chegaram para ser velados às 21h foram das vítimas: Lucielem Firmino dos Santos, Osani Lucio, Claudinei Carlos Barbosa e Andressa Aparecida Espadia

Equipes de Saúde e policiais militares devem acompanhar o velório do lado de fora do ginásio e a prefeitura informou que vai prestar assistências às famílias das vítimas.

Resumo do acidente

O que se sabe sobre o acidente entre ônibus e caminhões em Taguaí (SP)

  • Um ônibus e um caminhão colidiram em Taguaí (SP)
  • Acidente aconteceu por volta das 7h
  • O ônibus levava cerca de 50 trabalhadores de uma empresa têxtil
  • A colisão ocorreu no km 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho
  • A empresa de ônibus Star Viagem e Turismo não tinha autorização para operar, segundo informações da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp)

Após o acidente, o caminhão bitrem, que levava carga de esterco, invadiu uma propriedade rural. O motorista do veículo chegou a ser levado ao pronto-socorro de Fartura, mas morreu na unidade.

Caminhão ficou destruído após colisão com ônibus em Taguaí (SP) — Foto: Minuto do Amorim/Divulgação

Caminhão ficou destruído após colisão com ônibus em Taguaí (SP) — Foto: Minuto do Amorim/Divulgação

Por G1 Itapetininga e Região— Foto: Esdras Pereira/TV TEM

Related Articles

Abra aqui
Posso ajudar?